Interação e letramento: interfaces num contexto de educação de jovens e adultos.

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2006

RESUMO

Este trabalho focaliza a construção do letramento em contexto de educação de jovens e adultos (EJA), tomando por base as interações desenvolvidas em duas classes do REAJA Repensando a Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos, programa municipal que implementa a EJA no município de Vitória da Conquista, interior da Bahia. Como recorte para a discussão sobre letramento, escolheu-se discutir como o gênero textual carta pessoal é tratado no bojo das interações naquelas turmas, ao par da análise de um corpus constituído de 23 cartas produzidas pelos alunos durante o período de observação de aulas. A pesquisa, de cunho etnográfico, consta, portanto, da análise dos enquadres interacionais e das produções de texto das duas classes investigadas. A fundamentação teórica remete aos postulados no campo da Lingüística Aplicada que tratam de interacionismo, gêneros textuais e letramento, particularmente voltados para a perspectiva do ensino de língua escrita e da EJA. O cruzamento dos dados levou à constatação de que as produções escritas dos discentes manifestam indícios da compreensão sobre o gênero em pauta, construída nas interações em sala de aula, o que assinala a inserção da escrita em práticas sociais historicamente situadas, em consonância com a perspectiva ideológica de letramento.

ASSUNTO(S)

letramento interação gênero textual carta pessoal educação de jovens e adultos literacy interaction textual genres personal letter adult and youth education linguistica

Documentos Relacionados

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo