Qual a opção terapêutica para gestantes com sífilis e alérgica a penicilina benzatina?

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2018

RESUMO

As pacientes gestantes com sífilis e alérgicas a penicilina benzatina devem ser encaminhadas a um serviço terciário, para que sejam dessensibilizadas e posteriormente tratadas com penicilina, em ambiente hospitalar (1,2).No entanto, na impossibilidade de realizar a dessensibilização, a gestante poderá ser tratada no ambiente ambulatorial ou na Atenção Primária de Saúde com ceftriaxona 1 g, IV (intravenoso) ou IM (intramuscular), em dose única diária, por 8 a 10 dias ou eritromicina (estearato), 500 mg, por via oral, de 6/6 horas durante 15 dias, para a sífilis recente ou durante 30 dias, para a sífilis tardia)(1,2,3).

ASSUNTO(S)

sífilis gestantes condutas terapêuticas penicilina g benzatina hipersensibilidade

Documentos Relacionados