Linguagem e emoções: um estudo em interfaces

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

05/01/2012

RESUMO

O seguinte estudo tem como objetivo avaliar o programa de investigação da Metateoria das Interfaces, de Campos (2007), para a abordagem de problemas complexos e interdisciplinares, como é o caso dos processos inferenciais, mais especificamente a relação entre linguagem e emoções. Para o estudo de cunho teórico-bibliográfico ser possível, assume-se uma metodologia interdisciplinar por interfaces, em que se constroem perspectivas sobre o objeto complexo, a fim de observar diferentes propriedades semântico-pragmáticas sobre a linguagem das emoções. Assim, o trabalho busca: (a) descrever a interface entre linguagem, lógica e emoções, com o intuito de demonstrar de que forma argumentos inferenciais, baseados nas teorias de Grice (1957/1975) e Levinson (2000), podem ser afetados por premissas emocionais, compostas por escalas de palavras de emoção; (b) problematizar a noção de relevância proposta por Sperber &Wilson (1995) ao demonstrar a existência de beneficios emocionais no discurso, muitas vezes causados pela forma da expressão, e não pelo conteúdo; (c) abordar a noção de intenção dentro dos estudos semântico-pragmáticos, ampliando o conceito tradicional a partir dos apontamentos de Costa (2012). De uma maneira geral, as interfaces construídas no trabalho apontam para a necessidade de mais estudos envolvendo as propriedades linguísticas e emocionais a fim de que se construa uma abordagem com maior capacidade descritivo-explanatória sobre a comunicação inferencial humana. Demonstrou-se também que a Metateoria das Interfaces é adequada para reorganizar a Ciência da Linguagem e os estudos interdisciplinares, relacionando fundamentos e potenciais de aplicação de perspectivas incomensuráveis ao nível teórico.

ASSUNTO(S)

linguÍstica linguagem inferÊncia emoÇÕes comunicaÇÃo letras

Documentos Relacionados

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo