Ralstonia solanacearum Pectin Methylesterase Is Required for Growth on Methylated Pectin but Not for Bacterial Wilt Virulence

AUTOR(ES)
FONTE

American Society for Microbiology

RESUMO

Ralstonia (Pseudomonas) solanacearum causes bacterial wilt, a serious disease of many crop plants. The pathogen produces several extracellular plant cell wall-degrading enzymes, including polygalacturonases (PGs) and pectin methylesterase (Pme). Pme removes methyl groups from pectin, thereby facilitating subsequent breakdown of this cell wall component by PGs, which are known bacterial wilt virulence factors. R. solanacearum PGs could not degrade 93% methylated pectin unless the substrate was first demethylated by Pme, but as the degree of methylation of the pectin substrate decreased, PG activity increased. Primers derived from a published pme sequence generated an 800-bp DNA probe fragment, which identified Pme-encoding plasmids from a R. solanacearum genomic library. A pme chromosomal mutant had no detectable Pme activity in vitro and no longer grew on 93% methylated pectin as a carbon source. Curiously, the pme mutant, which had no detectable PG activity on highly methylated pectin, was just as virulent as the wild-type strain on tomato, eggplant (aubergine), and tobacco. Since PG activity is required for full virulence, this result suggests that the pectin in these particular hosts may not be highly methylated, or that the breakdown of highly methylated pectin is not a significant factor in the disease process in general. A positive response regulator of PG production called PehR was not required for wild-type Pme production. However, a mutant strain lacking PhcA, which is a global regulator of several virulence genes, produced no detectable Pme activity. Thus, pme expression is directly or indirectly regulated by PhcA but not by PehR.

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo