Qual o mecanismo de ação da Papaína e a concentração ideal para uso em uma escara com necrose?

DATA DE PUBLICAÇÃO

29/01/2015

RESUMO

O mecanismo de ação da papaína é como desbridante químico, facilitando o processo cicatricial. Tem ações bacteriostáticas, bactericidas e anti-inflamatórias e proporciona alinhamento das fibras de colágeno, promovendo crescimento tecidual uniforme. A concentração da papaína de 8 a 10% deve ser utilizada na presença de necrose de coagulação (2), após efetuar escarectomia (retirada total da região necrosada). Na presença de necrose de liquefação a ferida deverá ser lavada em jatos com solução de papaína de 4 a 6% diluída em solução fisiológica. E na presença de tecido de granulação a concentração deverá ser de 2% (1).

ASSUNTO(S)

bandagens cicatriz papaína/administração & dosagem papaína/uso terapêutico ferimentos penetrantes/enfermagem

Documentos Relacionados