De como La Llorona se tornou um Miserere de Willy Corrêa de Oliveira

AUTOR(ES)
FONTE

Per musi

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/05/2013

RESUMO

Em nossa pesquisa sobre o ciclo de peças para piano Miserere, de Willy Corrêa de Oliveira (DE BONIS, 2010) discutimos uma série de procedimentos composicionais pertinentes a essa obra e à produção do compositor em geral, a saber: a metalinguagem, a relação com as artes plásticas, a condensação de ideias, a superposição de citações à maneira de um ideograma, o teatro musical, e a possibilidade de uma análise estrutural de cada peça ao lado de uma leitura semântica (incentivada pela própria partitura). Obra aberta, o Miserere tem recebido adições do compositor após a publicação da pesquisa. As mesmas ferramentas de análise aplicadas para o ciclo todo são aqui utilizadas para o estudo de uma das últimas peças a serem acrescentadas, em 2009.In our research on the cycle of piano pieces called Miserere, by Brazilian composer Willy Corrêa de Oliveira (DE BONIS, 2010) we discuss a series of compositional procedures used in this work and in the composer's production in general, such as borrowings and metalanguage, the relation to visual arts, the condensation of ideas, the superposition of quotations in the manner of an ideogram, musical theater, and the possibility of an structural analysis of each piece side by side with a semantic reading (favored by the score itself). As an open work, the Miserere has received additions by the composer after the publication of this research. The same analytical tools applied to the cycle are here used to study one of the last pieces to join the cycle in 2009.

ASSUNTO(S)

linguistics, letters and arts

Documentos Relacionados