A inclusão do aluno surdo no ensino médio e ensino profissionalizante: um olhar para os discursos dos educadores

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. educ. espec.

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2014

RESUMO

O objetivo desse trabalho foi investigar, a partir do olhar da equipe educacional, as práticas pedagógicas no Ensino Médio e Ensino Profissionalizante quando tem em sala de aula alunos surdos. Foi realizada uma pesquisa de campo qualitativa e a coleta de informações ocorreu a partir de uma entrevista não estruturada com dois professores, dois pedagogos e um intérprete de Libras que atuam na educação de três alunos surdos do ensino regular. A pesquisa foi realizada em uma escola estadual, considerada referência para educação de surdos, de uma cidade de médio porte do interior do Paraná. O conjunto de dados foi dividido em eixos temáticos e analisados a partir do conteúdo. Os eixos temáticos norteadores da discussão são: aspectos positivos e negativos - inclusão do aluno surdo no ensino regular; metodologias de ensino usadas em sala de aula com o aluno surdo; o intérprete de Libras na escola regular. Conclui-se que a inclusão do aluno surdo está sendo realizada, mas que essa inclusão não está garantindo o acesso às aprendizagens, pois há dificuldades de comunicação entre professor e aluno surdo, falta de conhecimento sobre a surdez e adaptações metodológicas isoladas na sala de aula. Espera-se que esse estudo movimente discussões acerca da inclusão do aluno surdo no ensino regular, possibilitando a essa população um ensino que respeite a peculiaridade da surdez e dê condições para que esses sujeitos se desenvolvam e participem efetivamente do meio social em que vivem.The aim of this study was to investigate teaching practices, from the perspective of the educational team, in high school and vocational education when there are deaf students in the classroom. We conducted a qualitative field study; data collection occurred using an unstructured interview with two classroom teachers, two pedagogues and one Brazilian Sign Language (Libras) interpreter who work with three deaf students in regular education. The survey was conducted in a state school that is considered a reference in deaf education, in a medium sized city in a rural part of the state of Paraná. The dataset was divided into themes and analyzed according to content. The categorical topics under discussion were positive and negative aspects - inclusion of deaf students in regular education, teaching methodologies used in the classroom with deaf students, the Libras interpreter in regular schools. We concluded that even though the inclusion of deaf students is being carried out, access to learning is not necessarily being ensured. The reasons for this include communication difficulties between teachers and deaf students, lack of understanding about deafness and the application of isolated methodological adaptations isolated in the classroom. We hope this study will instigate further discussions about the inclusion of deaf students in regular education, enabling this group to partake in an educational experience that respects the uniqueness of deafness, and that offers them the necessary conditions to fully engage in the social community in which they live.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados