Relações interorganizacionais e eficiência coletiva: um estudo de caso no arranjo produtivo local de confecções do agreste pernambucano

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2008

RESUMO

Este trabalho consiste em um estudo no Arranjo Produtivo Local de confecções do Agreste de Pernambuco, por ser um setor relevante no aspecto econômico e social. O estudo tem como objetivo central compreender como as relações interorganizacionais influenciam na eficiência coletiva do arranjo. O referencial teórico utilizado contempla as abordagens que tratam dos benefícios das aglomerações empresariais para o desenvolvimento das firmas e de regiões. Em especial discute a abordagem das pequenas e médias empresas e distritos industriais (SCHMITZ, 1997), que introduz o conceito de eficiência coletiva, explicando que somente as externalidades explicadas por Marshall (1996) não são suficientes para elucidar a vantagem competitiva das empresas, ampliando a concepção de que as organizações não alcançam vantagem competitiva agindo isoladamente. Para analisar as influências das relações na eficiência coletiva tomou-se como perspectiva analítica a teoria de redes sociais (GRANOVETTER, 1973; 1985; BURT, 1992; UZZI, 1997) por entender que tal abordagem proporciona subsídios para uma análise estrutural das relações sociais frente aos comportamentos da ação humana. Ao analisar as organizações numa rede social, deve-se compreender o porquê do estabelecimento da relação, seus benefícios, e como ocorre o fluxo de informações e a densidade dos elos entre os atores (POWELL; SMITH-DOERR, 1994). Quanto aos métodos, este estudo se caracteriza como um estudo de caso, em consonância com os objetivos propostos utilizou-se como abordagem o método qualitativo, e em função do resgate dos marcos histórico do arranjo, utilizou-se uma abordagem seccional com perspectiva longitudinal (VIEIRA, 2004). Os dados primários e secundários foram utilizados de forma a compreender o processo evolutivo do setor, bem como as relações inter-atores no arranjo para a promoção do desenvolvimento, para tanto, utilizou-se da técnica de análise de conteúdo e documental, respectivamente (DELLAGNELO; SILVA, 2005). A abordagem das redes sociais permitiu entender que as relações sociais podem ampliar a eficiência coletiva do arranjo, para tanto, precisa-se de mudanças nas políticas institucionais em promover a integração entre os atores econômicos, fato que, de certa forma, se mostra desafiador para o SEBRAE tanto do ponto de vista da governança entre os atores, como para a capacitação de recursos que pudessem ampliar as suas ações no APL. Pois, da maneira como as relações ocorrem, beneficiam diretamente apenas um grupo de empresas que estão ligadas de alguma forma as instituições de apoio. Portanto, pode-se concluir que as relações inter-atores têm limitado a eficiência coletiva do APL, por serem estimuladas pelas instituições de apoio apenas a grupos de empresários, mesmo que essas relações produzam externalidades para todas as empresas aglomeradas

ASSUNTO(S)

administracao collective efficiency social networks eficiência coletiva local productive arrangement arranjo produtivo local redes sociais

Documentos Relacionados

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo