Fatores associados à síndrome de burnout em médicos residentes de um hospital universitário

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Assoc. Med. Bras.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2017-06

RESUMO

Resumo Objetivo: Determinar a prevalência da síndrome de burnout entre médicos residentes de várias especialidades e avaliar os fatores associados. Método: Foram aplicados o questionário Maslach Burnout Inventory e um questionário sócio-demográfico para avaliar fatores associados à síndrome. Burnout foi definido pela associação de alto desgaste emocional e despersonalização e baixa realização profissional. Análise multivariada foi realizada por meio do ajuste do modelo de Poisson com a identificação dos fatores de risco e calculadas as razões de prevalência (RP). Dos 250 médicos residentes cadastrados no Hospital das Clínicas de Pernambuco, 129 participaram do estudo. Resultados: Nos três domínios que caracterizam a síndrome de burnout, encontramos um baixo nível de realização profissional em 94,6% dos médicos residentes entrevistados, alto nível de despersonalização em 31,8% e 59,7% com alto nível de desgaste emocional. A prevalência de burnout encontrada foi de 27,9%. Ter sofrido evento estressante nos seis meses anteriores (RP: 8,10; IC 95% 1,2-57,2) e cursar especialidade cirúrgica (RP: 1,99; IC 95% 1,2-3,3) estiveram associados de forma independente ao burnout. Conclusão: A prevalência de burnout encontrada em médicos residentes está de acordo com estudos brasileiros prévios. Residentes de especialidades cirúrgicas e aqueles que sofreram evento estressor foram identificados como susceptíveis neste estudo. A identificação precoce dos fatores de risco é fundamental para a implementação de medidas preventivas para o não desenvolvimento da síndrome.

ASSUNTO(S)

burnout residência médica educação médica

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo