Avaliação do óleo de sacha kiruma (Plukenetia volubilis L.) no duodeno e fígado de camundongos C57BL/6 e APO E-/- / Evaluation of the effects of sacha kiruma oil (Plukenetia volubilis L.) in the duodenum and liver in C57BL/6 and APO E -/- mice

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

16/09/2011

RESUMO

Sacha kiruma (Plukenetia volubilis L.) é uma planta oleaginosa nativa da Amazônia Peruana. O óleo extraído de suas sementes é muito rico em ácidos graxos poliinsaturados, diretamente relacionados à prevenção de doenças cardiovasculares, dentre elas, a aterosclerose. Para seu transporte, os lipídeos formam complexos com proteínas, as apoproteínas. A apoproteína E (Apo-E) é sintetizada principalmente no fígado e no intestino e se relaciona com a absorção celular de quilomícrons ricos em triglicerídeos remanescentes e VLDL. A produção de animais knockout para o gene da apoproteína E apresenta como principal característica o rápido e espontâneo aparecimento de lesões ateroscleróticas nas artérias, similares àquelas encontradas em humanos. O intestino delgado é o sítio de absorção de componentes da dieta, dentre eles os lipídeos, enquanto o fígado apresenta-se como o sítio de modificação e/ou armazenamento de compostos. Os objetivos foram extrair o óleo de sementes de sacha kiruma por meio de método químico (hexano), determinar o perfil de ácidos graxos e avaliar os efeitos desse óleo na estrutura do duodeno e fígado de camundongos Apo-E -/- e selvagens BlackC56/7. Os resultados da avaliação do óleo extraído para este estudo indica percentual de ácidos graxos similar ao citado na literatura. Entre os tratamentos não foram encontradas alterações no duodeno com relação à superfície de absorção, morfometria de cripta e espessura das camadas musculares e da mucosa. Com relação à altura do epitélio absortivo, os animais knockout do grupo controle apresentaram maior média se comparados com os grupos knockout tratados com o óleo. A freqüência de enterócitos, linfócitos, células caliciformes e células de Paneth não sofreram alterações devido ao tratamento proposto. Em relação às células caliciformes AB+PAS+, foi observada maior freqüência nos grupos selvagens tratados com óleo de sacha kiruma em relação aos controles. No fígado também não foram encontradas diferenças devido ao tratamento na frequência dos componentes hepáticos, nem na relação de diâmetro do citoplasma/ diâmetro do núcleo dos hepatócitos. Com isso, concluiu-se que o método de extração com hexano mostrou ser eficiente na extração de óleo das sementes de sacha kiruma. Este óleo apresentou composição lipídica similar daquela descrita na literatura, mantendo suas propriedades terapêuticas. O ensaio não mostrou indícios de que a dieta com o óleo de sacha kiruma possa ter alterado a estrutura histológica no duodeno ou fígado dos camundongos.

ASSUNTO(S)

plukenetia volubilis camundongo knockout apo-e Ácidos graxos poliinsaturados duodeno hepatócitos biologia geral plukenetia volubilis knockout apo-e mice polyunsaturated fatty acids duodenum hepatocytes

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo