Avaliação da pré-carga e do torque de remoção pós ciclagem mecânica da conexão implante-pilar protético tipo cone morse com e sem índice de posicionamento

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

15/03/2012

RESUMO

A estabilidade biomecânica do conjunto implante-pilar protético é de fundamental importância para o sucesso da reabilitação implanto suportada. Para tal, o conhecimento sobre os valores de pré-carga e de torque de remoção após ensaio de fadiga mecânica torna-se essencial. Assim sendo, o presente estudo teve como objetivo comparar valores de pré-carga e torque de remoção pós-ciclagem de um novo desenho de implantes conexão cone Morse com índice de posicionamento comparando-o ao sem índice, verificando possíveis vantagens biomecânicas de sua utilização. Fez-se uso de 20 implantes cone Morse (3,75 x 11) inseridos em tubos acrílico com uma angulação de 30 divididos em dois grupos: 10 utilizando munhões com índice de posicionamento protético e outros 10 sem o índice, sendo todos os pilares retos com indicação para prótese unitária cimentada com pescoço de 1,5 mm de altura, diâmetro de 4,5 mm e altura de corpo de 6 mm. Durante o torque de inserção dos pilares foi aferida a pré-carga dos parafusos dos dois grupos através de extensômetros. Com os pilares em posição foram encaixadas coroas protéticas e ambos os grupos expostos a ciclagem mecânica com uma força de 110 N e 500.000 repetições em meio salino, e após aferido os valores de torque de remoção. Observando-se os valores de pré-carga, os do grupo Sem Índice (6,05 N) apresentaram-se maiores que do grupo Com Índice (4,88 N), existindo diferença estatisticamente significativa (p = 0,012) entre os grupos. Quanto ao torque de remoção o grupo Sem Índice apresentou um percentual médio de perda de torque de 13,84%, enquanto o grupo Com Índice de 52,65%, sendo encontrada diferença estatisticamente significativa entre eles através do teste t-Student (p<0,001). Portanto, dentro da metodologia aplicada nesse estudo in vitro o uso de pilares sem o índice de posicionamento do sistema cone Morse apresentou maior estabilidade biomecânica comparando-se a pilares com o índice

ASSUNTO(S)

odontologia implantodontia prÓtese dentÁria odontologia

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo