Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba dicas imperdíveis para seu TCC.

Não gostamos de SPAM assim como você!

Sobre as formas contemporâneas do absoluto

AUTOR(ES)
FONTE

Alea

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

O absoluto tem vários nomes: a Ideia, Deus, o Sujeito, o Capitalismo, o Comunismo, dos quais o relativo não se separa, nem com os quais coincide. Assim, como o finito consegue lidar com o infinito sem paradoxo? O redescobrimento desta tensão, incompatível com qualquer cumplicidade das figuras do fim, marca a tarefa do pensamento no início do século XXI. Cabe a ele considerar se os dualismos herdados da filosofia moderna ainda continuam a ser válidos, ou então se merecem ser reconfigurados para enxergar o presente rumo a um esboço mais animador do futuro. Portanto, a Filosofia, a Teologia, a Literatura e a Economia Política entram numa constelação restituindo a cada uma delas a alegria do não-contemporâneo.The absolute is captured in multiple terms: God, the Idea, the Subject, Capitalism, and Communism. However, these concepts are neither separated from the relative, nor do they coincide with it. This generates a distinct question: How does the finite succeed in coping with the infinite without falling into logical paradoxa. The re-discovery of this tension, which is not complicitous with any figure of an ending, delineates the task of thinking at the beginning of the 21st Century. Thinking is called upon to reconsider whether the dualities inherited from modern philosophy are still valid, or deserve to be reconfigured in order to conceive the present towards a more encouraging project for the future. Consequently, philosophy, theology, literature and political economy enter into a constellation, which returns to each of them the pleasure of being non-contemporaneous.

ASSUNTO(S)

linguistics, letters and arts




Comentários