Salmo 127, versículo 1: ativismo religioso e ordenamentos da segurança em uma periferia de São Paulo

AUTOR(ES)
FONTE

Relig. soc.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

Este artigo explora algumas relações entre ativismo evangélico e "violência". Mais especificamente, discute o protagonismo político-religioso de um fiel da IURD, e da própria igreja, nos conflitos relativos à "violência". Seguindo a trajetória de José, argumento que o diagrama religião - empreendedorismo - segurança - política partidária e assistência contribui para sua atuação como ordenador da segurança no gerenciamento das tensões e conflitos nas periferias. As redes de José e uma etnografia de um culto da IURD são mobilizadas para indicar as performances miméticas do poder do Estado, as relações entre o secular e o religioso e a maneira como a "guerra justa" está no enfeixamento entre a "Guerra de combate ao crime" e a "Guerra entre Deus e o Diabo".This article examines some relations between religious activism and "violence". More specifically, it discusses the political-religious protagonism of both José - a worshiper from IURD - and of the church it self with regard to conflicts related to "violence". While following the trajectory of José, I argue that the entanglement among religion, entrepreneurship, security and partisan politics contributes to his performance as a security agent on managing tensions and conflicts in peripheries. I look at José's networks and at an ethnography in to an Universal Church worship service in order to indicate the mimetic performances of the State power, the relation between secularism and religion as well as to locate the "just war" within the inter connections between the "waron crime" and the "war between God and Evil".

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados