Modelagem matemática e difusividade efetiva de folhas de aroeira durante a secagem

AUTOR(ES)
FONTE

Pesqui. Agropecu. Trop.

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2014

RESUMO

A secagem de produtos agrícolas é largamente utilizada no mundo, para o controle e a manutenção da sua qualidade. Em se tratando de plantas medicinais e aromáticas, esta importância cresce ainda mais. Assim, o presente trabalho objetivou avaliar a cinética de secagem de folhas de aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi), bem como ajustar diferentes modelos matemáticos aos valores experimentais de razão de umidade. As folhas foram colhidas com teor de água inicial de 65% (b.u.), sendo submetidas à secagem sob condições controladas de temperatura (40ºC, 50ºC, 60ºC e 70ºC), até o teor de água aproximado de 10% (b.u.). Seis modelos matemáticos foram ajustados aos dados experimentais citados na literatura específica e utilizados para a representação do processo de secagem de produtos agrícolas. Com base nos resultados obtidos, pôde-se concluir que os modelos de Henderson & Pabis modificado e Midilli foram os que melhor representaram a cinética de secagem das folhas de aroeira. O aumento da temperatura do ar de secagem promoveu maior taxa de remoção de água do produto. O coeficiente de difusão efetivo aumentou com a elevação da temperatura, e sua relação com a temperatura de secagem pôde ser descrita pela equação de Arrhenius, que apresentou energia de ativação para a difusão líquida, durante a secagem, de 74,96 kJ mol-1, para as folhas de aroeira.The drying process of agricultural products is extensively used worldwide for controlling and maintaining their quality. For medicinal and aromatic plants, this importance increases even more. Thus, this study aimed at evaluating the drying kinetics of Schinus terebinthifolius Raddi leaves, as well as adjusting different mathematical models to the experimental values of moisture ratio. The leaves were harvested with initial moisture content of approximately 65% (w.b.) and submitted to the drying process under controlled conditions of temperature (40ºC, 50ºC, 60ºC and 70ºC), up to the approximate moisture content of 10% (w.b.). Six mathematical models were adjusted to the experimental data cited at the specific literature and used to predict the drying process of agricultural products. According to the results obtained, it was concluded that the modified Henderson & Pabis and Midilli models were the ones that best represented the drying kinetics of S. terebinthifolius leaves. The temperature increase of the drying air promoted a higher rate of water removal from the product. The effective diffusion coefficient increased with the temperature elevation, and its relation to the drying temperature fitted the Arrhenius equation, which presented activation energy for the liquid diffusion, during the drying process, of 74.96 kJ mol-1, for S. terebinthifolius leaves.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados