Entre o radicalismo e a resignação: teoria democrática em Direito e democracia, de Habermas

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Bras. Ciênc. Polít.

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/03/2014

RESUMO

No artigo, William Scheuerman examina a grande contribuição de Habermas à teoria democrática, o livro publicado no Brasil como Direito e democracia. Ele sinaliza a virada "realista" e conservadora da obra, que nega o compromisso democrático radical que marcava seu pensamento anterior. Em particular, Habermas incorpora a sociologia política de Bernhard Peters. Com isso, a distinção crítica entre públicos fortes e públicos fracos, que Habermas busca trazer da leitura de Nancy Fraser sobre o conceito de esfera pública, une-se à ideia de uma distinção funcional do sistema político, em que o centro deve tomar as decisões e a influência da sociedade civil é sempre indireta e mediada.In this article, William Scheuerman examines Habermas's greatest contribution to democratic theory, the book published in English as Between facts and norms. It signals a "realistic" and conservative turn in his work, which denies the radical democratic commitment that marked his previous thought. In particular, Habermas incorporates Bernhard Peters's political sociology. Thus, the critical distinction between strong and weak public audiences, which Habermas brings from Nancy Fraser's reading on the concept of public sphere, joins the idea of a functional distinction of the political system, in which the center must make decisions. The influence of civil society is, in this case, always indirect and mediated.

ASSUNTO(S)

human sciences




Comentários