Efeitos hemodinâmicos da ventilação não invasiva com máscara facial em prematuros

AUTOR(ES)
FONTE

Fisioter. Pesqui.

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/11/2013

RESUMO

Recém-nascidos prematuros apresentam desvantagem mecânica dos músculos inspiratórios, predisposição à fadiga muscular e colapso das vias aéreas. A ventilação não invasiva (VNI) é a terapia de expansão de escolha para essa população. No entanto, não existem estudos sobre a avaliação do risco-benefício de sua aplicação por máscara facial em neonatos durante a fisioterapia respiratória. O objetivo desse estudo foi avaliar variáveis hemodinâmicas em recém-nascidos prematuros (RNPT) submetidos à utilização da VNI por máscara facial para terapia de expansão pulmonar. Trata-se de um estudo quase experimental do tipo antes e depois, em que foram avaliados 14 RNPT, com idade gestacional (IG) <37 semanas, de ambos os sexos, com indicação de terapia de expansão pulmonar. Os RNPT foram avaliados antes, durante, imediatamente após, 30 e 60 minutos após a aplicação da VNI, tendo sido coletados frequência cardíaca (FC), pressão arterial (PA), pressão arterial média (PAM) e saturação periférica de oxigênio (SpO2). Foi observado um aumento significativo da SpO2 quando comparados os momentos antes e durante a aplicação da VNI (96,95 [94,98; 99,48] versus 99,15 [97,98; 100,0], p<0,05). Não foram observadas variações significativas da FC e PAM decorrentes da VNI por máscara facial. Com os presentes resultados, sugere-se que a VNI por máscara facial é benéfica para o recém-nascido, sem promover instabilidade hemodinâmica.Premature infants present inspiratory muscles disadvantage of their biomechanics, which predisposes to muscular fatigue and airway collapse, therefore noninvasive ventilation (NIV) is the choice expansion therapy for this population. Despite this, studies concerning the risk and beneficial effects of its application by facial mask in neonates are not available. The aim of this study was to evaluate hemodynamic variables in premature infants (PTI) submitted to NIV by facial mask, as a therapeutic resource. It is a case series study, in which 14 PTI were evaluated, with gestational age (GA) <37 weeks, both genders, according to indication of lung expansion therapy. The PTI were evaluated before, during, immediately after, 30 and 60 minutes after application of NIV, and a heart rate (HR), blood pressure (BP) and peripheral oxygen saturation (PO2S) were collected. It was observed a significant increase in PO2S when compared the moment during to the moment before the application of NIV (96.95 [94.98; 99.48] versus 99.15 [97.98; 100.00], p<0.05). Non-significant variations of HR and mean BP resulting from NIV by facial mask were observed. With the present results, it is suggested that NIV by facial mask is beneficial for the PTI, without adding hemodynamic instability.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados