2001-05

Patogenicidade In Vivo e In Vitro de Amostras de Escherichia Coli de Origem Aviária

O objetivo desse trabalho consistiu em determinar a patogenicidade in vivo e in vitro de 25 amostras de Escherichia coli obtidas de aves com Síndrome da Cabeça Inchada (SCI). A patogenicidade in vivo foi determinada pela inoculação em pintos SPF de um dia de idade, utilizando-se quatro vias de inoculação: intracardíaca, saco aéreo, oral e traqueal. As aves foram avaliadas quanto à mortalidade a cada 12 horas, por um período de sete dias. Os resultados desse estudo demonstraram que as 25 amostras de E. coli, isoladas de aves com SCI, causaram mortalidade mais elevada em pintos de um d...

Texto completo
  • Assuntos:

    • Escherichia coli
    • colibacilose
    • pintos
    • Síndrome da cabeça inchada
    • Verotoxina