Yield of maize crop irrigated with saline waters

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. eng. agríc. ambient.

DATA DE PUBLICAÇÃO

20/12/2019

RESUMO

RESUMO A crescente competição por água de boa qualidade está forçando o uso de águas salinas para irrigação em diversas áreas ao redor do mundo. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de diferentes condutividades elétricas na água de irrigação sobre os aspectos produtivos do milho. O estudo foi conduzido em campo, no período de agosto a dezembro de 2017, na Fazenda experimental da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), Redenção, CE, Brasil. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, com cinco níveis de salinidade da água de irrigação (1,0; 2,0; 3,0; 4,0 e 5,0 dS m-1) e quatro repetições. As variáveis avaliadas foram: massa da espiga com palha e sem palha, comprimento e diâmetro da espiga sem palha, massa do sabugo, massa de 1000 grãos e a produtividade. O aumento da concentração dos sais na água de irrigação reduziu a massa da espiga com palha e sem palha, massa do sabugo, massa de 1000 grãos e a produtividade. O comprimento e o diâmetro da espiga não foram influenciados pelo aumento da salinidade da água.ABSTRACT The growing competition for good-quality water is forcing the use of saline water for irrigation in several areas around the world. The objective of this study was to evaluate the influence of different electrical conductivities of irrigation water on the maize production aspects. The study was conducted in the field from August to December 2017 at the Experimental Farm of the Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), Redenção, CE, Brazil. A randomized complete block design with five irrigation water salinity (1.0, 2.0, 3.0, 4.0 and 5.0 dS m-1) and four repetitions was used. The evaluated variables were: unhusked and husked ear weights, husked ear length and diameter, cob weight, 1000-grain weight and yield. The increase of salt concentration in irrigation water reduced the unhusked and husked ear weights, cob weight, 1000-grain weight and yield. Ear length and diameter were not influenced by the increase in water salinity.

Documentos Relacionados