Violência na escola: opinião dos professores sobre as causas das manifestações de violência entre os alunos do ensino médio / Violência na escola: opinião de professores sobre as causas das manifestações de violência entre os launos do ensino médio

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2006

RESUMO

The present study is considered to investigate it the arguments with which the professors of Average Ensino of the State Net of the Region of Itapevi - S.P file a suit (Bourdieu) the actions of the pupils who have practised violence inside of the school of individual form or as class action. It is considered opportune to identify the "repertoire" of images with which the professor offers its diagnosis of the situations that many times if mix or if they confuse with other repertoires, such as those that describe the violence "of the" school against the pupils. In the specific case of this research what it is in question it is to understand and to give visibility to the opinion of the professor on the young that has practised continuously acts of violence inside of the school. To develop this research it was delimited as inquiry field and it collects of data and depositions two located public schools in Jandira, city of the region metropolitan of São Paulo with high indices of crime and scarcity of public spaces destined to the leisure of the young. The hypothesis that guides the present inquiry is of that the professors of Average Ensino also construct actively to an image of "good society" (Elias, 2000) with which establish its parameters of "civilized and incivilizado" behavior (Elias, 1996). This corresponds to perceive a pupil who practises the violence in the school of sufficiently peculiar form, or either, on the basis of the constant gauging of its capacity, or not, of thus autocontrole.Sendo, as unfolding of the raised hypothesis above, will be possible to verify how much the perception that the professor has of the situation collaborates in the formation of the auto image, with which this professional if presents as mediating between the classroom and the "good society" as well as characterizes Elias(2000). The experience accumulated in the work with professors has demonstrated that many times, a pupil who practises a violent act tends to be qualified as a "infractor" ahead of the rules that the pertaining to school universe is called to be "representative" (Bourdieu).Tal qualification tends to transform a diagnosis into prognostic: the infractor must be excluded from the conviviality of the demais.Mais a time Elias in demonstrates them that in innumerable situations the arguments of the exclusion "give a certain cohesion who exclude". When it is indicated that the "better solution" would be the absence of the "infractor" has a picture of spalling in which the excluded one already is is exactly when still is inside (Bourdieu and Elias) face to the "social estigmatização" (Goffman) that it is imposed to it. The formation of a type of "professoral judgment", that if it intends to search, Express in daily mechanisms of classification, will be able to add plus an angle of comment to the studies on the practical professional of the professor

ASSUNTO(S)

public school violência violencia na escola professor educacao em periferias urbanas escola pública violence

Documentos Relacionados

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo