Venous Blood Derivatives as FBS-Substitutes for Mesenchymal Stem Cells: A Systematic Scoping Review

AUTOR(ES)
FONTE

Braz. Dent. J.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2017-12

RESUMO

Resumo Embora as propriedades biológicas das células-tronco mesenquimais (MSC) sejam bem caracterizadas in vitro, a aplicação clínica das MSC ainda está longe de ser alcançada, principalmente devido à necessidade de substâncias xenogênicas para expansão celular, como o soro fetal bovino (FBS). O FBS apresenta riscos quanto às transmissões de patógenos e à internalização de proteínas animais, o que pode desencadear respostas antigênicas em pacientes após a implantação das MSC. Uma vasta gama de derivados do sangue venoso (VBD) têm sido relatada como substitutos do FBS mostrando resultados promissores. Assim, o objetivo deste estudo foi conduzir uma revisão de escopo sistemática para analisar se VBD poderiam ser substitutos do FBS eficazes para expansão das MSC em condições ex vivo. A pesquisa foi realizada no SciVerse Scopus, PubMed, Web of Science, BIREME e biblioteca Cochrane até janeiro de 2016. As palavras-chave foram selecionadas usando MeSH e entre termos. Dois revisores independentes examinaram os registros obtidos considerando critérios de inclusão específicos. Os estudos incluídos foram avaliados de acordo com uma estrutura modificada de Arksey e O ‘Malley. Dos 184 estudos encontrados, 90 foram incluídos. As células-tronco da medula óssea (BMMSC) foram utilizadas na maior parte destes estudos. Em geral, o VBD permitiu tanto a manutenção da morfologia semelhante a fibroblastos das MCS, alta proliferação, alta capacidade de formação de colônias e manutenção de multipotêncialidade. Além disso, as MSC expandidas em suplementos derivados do sangue venoso apresentaram uma maior atividade mitogênica do que as expandidas em FBS. Os VBD parecem ser excelentes soro livres de agentes xenogênicos para expansão ex vivo de MSC. Entretanto, observou-se uma heterogeneidade acentuada entre os protocolos realizados para o isolamento VBD, não permitindo assim comparações diretas entre os estudos incluídos.

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo