Variability and spatial correlation of soil micronutrients and organic matter with macadamia nut production

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. eng. agríc. ambient.

DATA DE PUBLICAÇÃO

09/12/2019

RESUMO

RESUMO A fertilidade do solo é um fator decisivo para o rendimento das culturas agrícolas e a sua distribuição e correlação espacial, e podem alterar significativamente a produtividade média em uma área cultivada. Objetivou-se no presente trabalho estudar a variabilidade e correlação espacial dos micronutrientes ferro (Fe), cobre (Cu), manganês (Mn), zinco (Zn), da matéria orgânica (MO) e da produtividade em uma área cultivada com macadâmia. O estudo foi desenvolvido em um Latossolo Amarelo distrocoeso, cultivado há 20 anos com macadâmia no município de São Mateus, ES. A malha instalada foi de 144 x 140 m com 100 pontos e com distância mínima de 5 m, onde foi coletada uma amostra composta de solo na profundidade de 0-0,20 m, utilizada para análise química do Fe, Cu, Mn, Zn e da MO. A colheita da macadâmia foi realizada no período de fevereiro a junho de 2015, colhendo-se os frutos na projeção da copa da planta. Os dados foram submetidos à análise geoestatística através do ajuste de semivariogramas experimentais e o método de krigagem foi aplicado para mapear os padrões espaciais dos nutrientes e da produtividade. Todos os atributos em estudo apresentaram estrutura de dependência espacial (forte e moderada). A MO teve correlação positiva com os micronutrientes, e somente o Zn teve correlação positiva com a produtividade. Zn e Mn obtiveram semivariogramas cruzados que explicaram os mapas observados, enquanto o Fe obteve tendência contrária à produtividade da macadâmia.ABSTRACT Soil fertility is the key to agricultural production. The spatial correlation and location of nutrients may significantly affect the yields. The objective of this work was to evaluate the variability and spatial correlation of iron (Fe), copper (Cu), manganese (Mn), zinc (Zn), and organic matter (OM) with macadamia nut yield. The study was conducted in an Oxisol cultivated for 20 years with macadamia nut in São Mateus, state of Espírito Santo, Brazil. A 100 point grid was used comprising an area of 144 × 140 m with a minimum distance between points of 5 m, in which a single composite soil sample was collected from 0-0.20 m layer for chemical analysis of Fe, Cu, Mn, Zn and OM. Nuts under the canopy’s projection were harvested from February to June, 2015. The data were evaluated by geostatistical analysis using semivariograms, and kriging was used to map spatial distributions of nutrients and nut yield. All evaluated attributes showed strong or moderate spatial dependence structure. The OM was correlated positively with micronutrients, but only Zn was positively correlated with nut yield. Crossed semivariograms adequately explained the maps of Zn and Mn; and Fe showed opposite tendency for macadamia nut yield.

Documentos Relacionados