Variabilidade Genética em Populações de Rottboellia cochinchinensis na Cultura da Cana-de-açúcar

AUTOR(ES)
FONTE

Planta daninha

DATA DE PUBLICAÇÃO

2016-09

RESUMO

RESUMO Considerando a hipótese de que a dificuldade de controle observada pelos produtores com a espécie do gênero Rottboellia pode ser pela existência de biótipos nas populações, objetivouse estudar a variabilidade genética entre três populações de R. cochinchinensis em regiões de cana-de-açúcar do Estado de São Paulo, utilizando-se da técnica Amplified Fragment Lenght Polimorfism (AFLP). Para a caracterização molecular, seis iniciadores foram utilizados para obtenção dos dados. Os géis de AFLP foram analisados com base na presença (1) e na ausência (0) de marcas. Utilizando-se o software NTSYs, foi calculada a similaridade genética pelo coeficiente de Jaccard e, a partir dele, construído o dendrograma pelo método UPGMA, além da determinação das marcas isopolimórficas. As semelhanças genéticas médias observadas nas regiões foram 0,742 para Igarapava, 0,793 para Mococa, 0,808 para Piracicaba, e entre as regiões foram 0,730 para (Igarapava x Mococa), 0,735 para (Mococa x Piracicaba), e 0,694 para (Igarapava x Piracicaba). Em consonância com o dendrograma, podemos observar a formação de três grupos, um formado por quatro indivíduos, sendo dois do local de Igarapava e de Mococa e outro pelo local Piracicaba e os demais indivíduos, com exceção do indivíduo um, de Piracicaba. Podemos concluir que a similaridade genética entre as populações de capim-camalote coletadas no Estado de São Paulo foi elevada (78%), o que evidência que o manejo realizado entre as populações estudadas devem ser similar. No entanto, não se podem descartar a presença de biótipos nas populações, como é sugerido pela presença de marcas polimórficas, detectadas pelo marcador AFLP, gerando 22% de variabilidade genética média.

ASSUNTO(S)

aflp capim-camalote manejo rottboellia cochinchinensis saccharum spp. variabilidade.

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo