VariaÃÃo espaÃo-temporal do microzooplÃncton no estuÃrio do rio Botafogo - PE

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2009

RESUMO

The microzooplanktonic community has been recognized for a long time by its tremendous ecological importance in many aquatic ecosystems since they are capable of utilizing resources which are not available to the meso- and macrozooplanltonic fractions representing intermediates between the nano- and picoplankton and higher trophic levels. In estuarine environments these organisms have spatial and seasonal variations in terms of taxonomic composition and abundance, which are highly influenced by environmental changes. In order to analyze the spatial-temporal variation in the microzooplanktonic community, monthly surveys were held from March 2007 and February 2008 in the Botafogo river Estuary through surface hauls in three stations along the estuary using a plankton net of 64 μm mesh. In general there was little variation in the taxonomic composition between the dry and rainy season, but variations in abundance were more noticeable, especially between high tide and low tide samples. The number of organisms varied from 264.47 org.m-3 to 13,453.77 org.m-3 during the rainy season, and from 172.64 org.m-3 to 28,575.47 org.m-3 during the dry season. Holoplanktonic organisms dominated the community, and the copepods were predominant, especially nauplii, copepodids, and adults of O. hebes, A. lilljeborgii, P. crassirostris e E. acutifrons. Foraminifera, F. ehrenbergii, O. dioica, Gastropoda larvae and zoea larvae of Brachyura were also numerically important. The species diversity varied from very low to medium and the highest values occurred during high tide. The low salinity variation and also the small freshwater influence might explain the taxonomic variation in the estuary. Also, the high predominance of copepod nauplii, and species such as O. hebes and F. ehrenbergii contributes to the low species diversity indexes observed

ASSUNTO(S)

microzooplankton oithona hebes microzooplÃncton estuÃrio zoologia botafogo river oithona hebes, estuary

Documentos Relacionados

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo