Vaccinal situation and exposure to biological material: the role of higher educational institutions in the background of graduating students in the health area in the state of Goiás. / Situação vacinal e exposição a material biológico: o papel das instituições de ensino superior na formação de graduandos na área de saúde no estado de Goiás

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2005

RESUMO

This is a descriptive study carried out in Higher Education Institutions (HEI) at the State of Goiás Andergraduating students from the last term/grade of courses in the health field took part in this study We aimed at characterizing the exposure to biohazards among andergraduating students from courses in the health area within the State of Goiás; identifying the vaccinal profile of the andergraduating students; characterizing HEI performance on orienting students towards vaccination against immune-preventable diseases of major importance to health professionals (HP) and verifying on students who vaccinated against Hepatitis B the procedure of anti-HBs exam and its outcome A sample test was carried out and with the support of the software Epi-info version 2004 we scored n=651 corresponding to 54% of the population with reliability interval of 95% The research ethic-legal aspects were observed Data was collected by questionnaires validated by three jurors Its application ocurred in a classroom setting Database was structured and processed in the program Epi-info version 2004 and data was presented in figures tables and analysed through descriptive statistics 777 (68,5%) graduating students enrolled on the last grade in 2005 participated in this study Aged between 20 and 55 years mean 34,7 years of age and 83,6% between 20 and 30 years of age Females are predominant with 73,8% 25,4% of graduating students had already been exposed to biological material 64,2% were exposed to sharp instruments together with contact with bloody skin and/or body fluids Among those who were involved in accidents only 35,2% reported them Students showed greater adherence to anti-hepatitis B vaccine referied by 84,9% and only 34,0% took the anti-Hbs tests 73,0% of them called themselves respondents and 10,0% of them did not know about it There was also 46,8% adherence to vaccine against diphtheria and tetanus and 25,8% of adherence to anti-yellow-fever vaccine 92,0% of students affirmed having been oriented about immunization 94,8% recognize anti-hepatitis B as recommendable vaccine to HP 77,3% for anti-diphtheria and tetanus and 48,3 % of accounts suggest anti-yellow-fever vaccine Data sources for the graduating students about recommended vaccine to HP were curricular discipline with 32,3% followed by the college direction with 13,6% of accounts Although HEI in the State of Goiás have been addressing this issue they do so in a fragmented and little consistent way We consider it critical for HEI to set urgently a policy of vaccine establishment before clinical practice as well as to reflect about prevention, and control of infection aiming at interdisciplinarity and above all the quality of teaching which will be reflected on the health professionals profile

ASSUNTO(S)

occupational exposure imunização exposição ocupacional saúde ocupacional enfermagem pessoal da área médica imunização - goiás serviço de saúde ocupacional goiás saúde e trabalho goiás pessoal da área médica formação goiás immunization occupational health

Documentos Relacionados

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo