Uma nova geração de instrumentos arquivísticos de referência na web : novas possibilidades para as instituições arquivísticas públicas brasileiras. / A new generation of instruments in archival reference web : new possibilities for brazilian public archival institutions.

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

06/05/2010

RESUMO

O trabalho se insere no campo de estudos da informação por meio do tema representação de informação, tratando especificamente dos processos de representação no âmbito dos arquivos públicos brasileiros, processos esses que na prática geralmente são identificados como sendo as atividades de descrição arquivística, geração de versões digitais dos documentos e até mesmo de arranjo documental. A revisão de literatura permitiu identificar o caminho histórico do processo de representação de informação arquivística e seus produtos, os instrumentos de referência. Além disso, a identificação de uma possível nova geração de instrumentos de referência foi alcançada, sendo a característica principal da nova geração o aproveitamento das novas possibilidades de interação da web, considerando o que se convencionou chamar Web 2.0. A pesquisa buscou tratar da tendência das instituições arquivísticas públicas estaduais e nacional do Brasil na disponibilização de representações de informação na internet, tomando como elementos de análise das potencialidades informacionais as características que definiriam uma nova geração de instrumentos arquivísticos de referência. Nessa nova geração, os usuários interagem entre si e também com as representações contidas no instrumento, não apenas utilizando passivamente, ao contrário, contribuem com a construção do próprio instrumento por meio da inserção e edição de conteúdos representativos do acervo representado. Partindo das premissas de que os arquivos públicos brasileiros possuem limitações crônicas ligadas à escassez de recursos para a realização de suas ações e o uso intensivo da internet ainda não é, de fato, crítico para o funcionamento dos serviços de representação da informação e de referência nas instituições, a hipótese inicial indicava que apesar de algumas instituições arquivísticas públicas estaduais e o Arquivo Nacional do Brasil possuírem websites, essas instituições estariam ainda longe de aproveitar as novas possibilidades de interação que se apresentam atualmente. Os resultados apontaram principalmente que a disponibilização de representações de informação arquivística ainda se dá por meio da migração do que já foi feita de modo tradicional, com a criação de novas bases de dados na internet e com a digitalização e disponibilização dos objetos digitais produzidos a partir dos acervos. A interação permitida aos usuários ainda se resume em grande parte aos canais de comunicação já existentes antes da chamada Web 2.0. Ainda assim, considerando alguns dados alcançados, considera-se que há uma oportunidade crescente para que uma nova geração de instrumentos de referência possa surgir, contando com o interesse da multidão que interage na web em busca de conteúdos relevantes e com a adoção cada vez maior da internet e suas ferramentas da parte das instituições arquivísticas públicas.

ASSUNTO(S)

ciencia da informacao representação de informação descrição arquivística instrumentos arquivísticos de referência web 2.0 information representation finding aids archival description web 2.0 next generation of finding aids

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo