Um ensaio sobre o sedimento e suas implicaÃÃes ecolÃgicas nos recifes costeiros da baia de TamandarÃ/PE

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2009

RESUMO

A sustentabilidade dos ecossistemas recifais, principalmente os costeiros, depende de mudanÃas nos modelos atuais de exploraÃÃo e uso, em suas bacias hidrogrÃficas adjacentes. MudanÃas geradas por aÃÃes antrÃpicas nas caracterÃsticas fÃsico-quÃmicas das Ãguas tropicais costeiras sÃo tidas como a maior causa de degradaÃÃo em ecossistemas recifais. Apesar disto apenas a prevenÃÃo aos impactosdiretos, como pesca e turismo, tem sido considerados em grande parte das atuais propostas para sua conservaÃÃo. Os indiscutÃveis resultados obtidos com essas aÃÃes, muitas vezes sÃo limitados por impactos ocasionados pela mà qualidade das Ãguas na qual esses ecossistemas estÃo inseridos, sendo a sedimentaÃÃo uma das principais causas. Com o objetivo de entender a dinÃmica de sedimentos em suspensÃo e suas fontes em uma Ãrea de recuperaÃÃo ecossistÃmica recifal, conhecida como Ãrea Fechada de Tamandarà foram utilizadas duas iniciativas para geraÃÃo de dados: 3 anos de coletas semanais com armadilhas de sedimentos seguidas de anÃlises que quantificassem e qualificassem as amostras coletadas; e anÃlise de 31 anos de imagens de sensores remotos orbitais, buscando assim, uma visÃo sinÃtica do fenÃmeno estudado. Dados meteorolÃgicos e oceanogrÃficos foram adicionados a estas informaÃÃes, possibilitando, assim, inferir sobre quais parÃmetros ambientais contribuem para o aporte sedimentar na Ãrea estudada. Altos valores de sedimentaÃÃo foram encontrados, distribuÃdos entre as estaÃÃes do ano. CorrelaÃÃes significativas, entre a sedimentaÃÃo e os parÃmetros meteorolÃgicos e oceanogrÃficos, indicaram altas taxas de remobilizaÃÃo de sedimentos, tanto carbonÃticos quanto de origem terrÃgena oriundos de bacias hidrogrÃficas adjacentes à Ãrea de estudo. Esta ressuspensÃo, diretamente influenciada pelas ondas, à regulada por variaÃÃes de marÃs que potencializam ou minimizam a capacidade de proteÃÃo que os recifes oferecem ao embate dessas ondas. O monitoramento por sensoriamento remoto orbital permitiu concluir que a bacia hidrogrÃfica do rio Una à a principal fonte de material terrÃgeno. Sua pluma sedimentar, que se torna tanto mais intensa quanto maiores os Ãndices pluviomÃtricos, à direcionada para esta Ãrea por ventos principalmente vindos de sul e sudeste. AlÃm da intensidade pluviomÃtrica, a migraÃÃo da foz do rio Una à uma variÃvel diretamente responsÃvel, por mudanÃas na intensidade com que sua pluma atinge a Ãrea Fechada de TamandarÃ. A maior proximidade desta foz à Ãrea Fechada faz com que sua pluma chegue com maior intensidade potencializando os riscos ambientais inerentes à qualidade de suas Ãguas. Durante os Ãltimos 31 anos estudados, a foz do rio Una se localizou na posiÃÃo mais prÃxima dos recifes de Tamandarà por trÃs vezes. A migraÃÃo aparentemente atÃpica no sentido norte a partir do ano 2000 agravou o problema exposto. Durante a pesquisa foi tambÃm observado mortalidade de corais apÃs as primeiras chuvas posteriormente ao perÃodo de maior aplicaÃÃo de agrotÃxicos na regiÃo. Diante do exposto, o presente estudo demonstrou que a sustentabilidade dos ecossistemas recifais costeiros de TamandarÃ, assim como em grande parte do mundo, està profundamente associado aos modelos de uso e ocupaÃÃo do solo de bacias hidrogrÃficas adjacentes

ASSUNTO(S)

bacia hidrogrÃfica supended sediments oceanografia ecossistema - sustentabilidade oceanografia coral reefs sedimentaÃÃo ecolÃgica remote sensing

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo