Trends in morbidity and mortality from COPD in Brazil, 2000 to 2016

AUTOR(ES)
FONTE

J. bras. pneumol.

DATA DE PUBLICAÇÃO

25/11/2019

RESUMO

RESUMO Objetivo: Examinar as tendências da mortalidade global da DPOC e as tendências da morbidade e mortalidade hospitalar da doença no Brasil, além de validar modelos preditivos. Métodos: Estudo de base populacional com análise de séries temporais de dados sobre morbidade e mortalidade específicas em indivíduos com idade ≥ 40 anos, extraídos de sistemas nacionais de informação sobre saúde e referentes ao período de 2000 a 2016. Para o mesmo período, foram calculadas as taxas de morbidade e mortalidade, estratificadas por sexo e faixa etária. Usamos análises de regressão para examinar as tendências temporais e suavização exponencial dupla em nossa análise dos modelos preditivos para 2017. Resultados: No período de estudo, as taxas de mortalidade da DPOC tenderam a diminuir no Brasil. Em ambos os sexos, houve tendência de redução nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. As taxas de morbidade hospitalar diminuíram em todas as regiões, mais ainda no Sul e Sudeste. Houve alterações significativas no número de internações hospitalares, tempo de internação e despesas hospitalares. Os modelos preditivos para 2017 apresentaram taxas de erro abaixo de 9% e, portanto, foram validados. Conclusões: No Brasil, as taxas de mortalidade da DPOC ajustadas pela idade diminuíram em regiões com índices socioeconômicos mais elevados, onde houve uma redução ainda mais acentuada em todas as variáveis de morbidade e mortalidade hospitalar. Além de fatores como melhor adesão ao tratamento e menores taxas de tabagismo, fatores socioeconômicos parecem estar envolvidos no controle da morbidade e mortalidade da DPOC. Os modelos preditivos aqui elaborados podem também facilitar a tomada de decisões e o planejamento de políticas de saúde voltadas ao tratamento da DPOC.ABSTRACT Objective: To examine the trends in overall COPD mortality, as well as trends in in-hospital morbidity and mortality due to COPD, in Brazil, and to validate predictive models. Methods: This was a population-based study with a time-series analysis of cause-specific morbidity and mortality data for individuals ≥ 40 years of age, obtained from national health information systems for the 2000-2016 period. Morbidity and mortality rates, stratified by gender and age group, were calculated for the same period. We used regression analyses to examine the temporal trends and double exponential smoothing in our analysis of the predictive models for 2017. Results: Over the study period, COPD mortality rates trended downward in Brazil. For both genders, there was a downward trend in the southern, southeastern, and central-western regions. In-hospital morbidity rates declined in all regions, more so in the south and southeast. There were significant changes in the number of hospitalizations, length of hospital stay, and hospital expenses. The predictive models for 2017 showed error rates below 9% and were therefore validated. Conclusions: In Brazil, COPD age-adjusted mortality rates have declined in regions with higher socioeconomic indices, where there has been an even sharper decrease in all in-hospital morbidity and mortality variables. In addition to factors such as better treatment adherence and reduced smoking rates, socioeconomic factors appear to be involved in controlling COPD morbidity and mortality. The predictive models estimated here might also facilitate decision making and the planning of health policies aimed at treating COPD.

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo