The amount of spermatic cord rotation magnifies the time-related orchidectomy risk in Intravaginal testicular torsion

AUTOR(ES)
FONTE

Int. braz j urol.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2016-12

RESUMO

Abstract Purpose To investigate the roles of age, testicular rotation and time in the surgical outcome of intravaginal testicular torsion (iTT). Patients and Methods We retrieved the records of all iTT patients treated in our unit from January 2012 to January 2014. Explanatory variables were: age (years); presentation delay (PrD, time between symptoms and hospitalization); surgical delay (SurgD, time between hospitalization and surgery) and testicular rotation (rotation), with surgical outcome (orchidopexy, orchidectomy) as response variable. Differences in PrD, SurgD, age and rotation by surgical outcome were evaluated non-parametrically. Step-down logistic regression included age, PrD, SurgD and rotation as predictors. Statistical significance and confidence intervals (CI) were set at p<0.05 and 0.95. Odds ratios (OR) were computed from the model's coefficients. Results Complete variable information was available for 117 patients, and most (61, 52.1%) underwent orchidectomy. Ages were similar between orchidectomy and orchidopexy patients (median 15.8 vs. 16.0 years, p=0.78). In contrast, PrD (85.0 vs. 8.4 hours, p<0.001), SurgD (3.0 vs. 16.0 hours, p<0.001) were different between orchidectomy and orchidopexy patients. SurgD was similar with PrD<24 hours (4.0 vs. 2.8, p=0.1). Orchidectomy patients had greater rotation (3.0π vs. 2.0π radians, p<0.001). Logistic regression revealed that PrD (OR 0.94; 0.92–0.97; p<0.001) and rotation (OR 0.43; 0.27–0.70; p<0.001) were inversely associated with orchidopexy. Conclusion Testicular rotation exerts a multiplicative effect on PrD, so time should not be regarded as the sole predictor of surgical outcome in iTT.

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo