TESTE DO CAPM ZERO-BETA NO MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO / TEST OF CAPM ZERO-BETA IN THE BRAZILIAN CAPITAL MARKET

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2001

RESUMO

O CAPM (Capital Asset Pricing Model) padrão, proposto por Sharpe, Lintner e Mossin, é um dos principais paradigmas da teoria de finanças. Especifica que o retorno médio esperado de um ativo é função linear apenas do seu risco não diversificável ou risco sistemático. O prêmio de risco esperado do mercado é a inclinação desta função, e o retorno esperado do ativo livre de risco é o intercepto. Possui como uma de suas premissas básicas a de que os investidores podem emprestar e tomar emprestado à taxa livre de risco. O modelo CAPM ZERO-BETA, proposto por Black, Jensen e Scholes (1972), considera que o investidor não pode emprestar nem tomar emprestado à taxa livre de risco. Nesse modelo o retorno esperado do ativo livre de risco é substituído pelo retorno esperado de uma carteira (carteira zero-beta) que possui mínima variância e covariância zero com o retorno esperado da carteira de mercado. É também conhecido como CAPM de dois parâmetros, pois tanto o beta do ativo como o retorno da carteira zero-beta necessitam ser estimados, já que não podem ser diretamente observados. Este trabalho testa o CAPM zero- beta no mercado de capitais brasileiro. Utiliza a metodologia de regressão multivariada (MVRM), proposta por Gibbons (1982). Esta metodologia executa uma SUR (Seemingly Unrelated Regression) e estima conjuntamente o beta dos ativos e o retorno da carteira zero-beta. Além de dispensar a escolha do ativo livre de risco, a MVRM evita o erro de variáveis que ocorre na metodologia de regressão cross- section. Utilizando os ativos negociados na Bolsa de Valores do Estado de São Paulo (BOVESPA) no período de 1986 a 2001, o teste não rejeita o CAPM zero-beta para os períodos de 1991 a 1996 e 1996 a 2001. Os resultados indicam um aumento recente na eficiência do mercado de capitais brasileiro.

ASSUNTO(S)

mercado de capitais bovespa stock markets bovespa

Documentos Relacionados

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo