Survival and Factors Associated with Failure of Pulpectomies Performed in Primary Teeth by Dental Students

AUTOR(ES)
FONTE

Braz. Dent. J.

DATA DE PUBLICAÇÃO

12/12/2016

RESUMO

Resumo Embora o tratamento endodôntico seja amplamente recomendado para polpa dentária comprometida, não há informações sobre os fatores associados ás falhas nos dentes decíduos. O objetivo do trabalho foi avaliar a sobrevida e os fatores associados à falha de pulpectomias realizadas em dentes decíduos por estudantes de odontologia. A amostra foi constituída por pacientes atendidos em um Serviço Odontológico Universitário e necessitaram de tratamento endodôntico em dentes decíduos. O estudo investigou variáveis relacionadas ao tratamento e fatores do paciente potencialmente associados à falha do tratamento. A sobrevivência das pulpectomias foi analisada pelas curvas de Kaplan-Meier seguido do teste de log-rank (p<0,05). A análise incluiu 81 pulpectomias realizadas em 62 crianças (5,6 ± 1,5 anos). A sobrevida atingiu 62,9% em até 12 meses de seguimento. A maioria das falhas ocorreu nos primeiros 3 meses (p<0,001). Os dentes com lesões cariosas no início do tratamento apresentaram mais falhas do que aqueles com restaurações ou história de trauma (p = 0,002). A sobrevida de dentes endodonticamente tratados restaurados com compósito foi maior do que os preenchidos com cimento de ionômero de vidro (p = 0,006). Pulpectomias realizadas em duas ou mais sessões apresentaram mais falhas (p = 0,028). Os pacientes com gengivite apresentaram mais falhas no tratamento endodôntico (p = 0,022). As falhas do tratamento do canal radicular em dentes decíduos foram mais propensas a ocorrer em um curto período de tempo e quando o tratamento foi realizado em dentes com lesões cariosas. O uso de compósito em vez de cimento de ionômero de vidro aumentou a sobrevivência pulpectomias. Sessões repetidas para o tratamento endodôntico e a falta de hábitos de higiene bucal tiveram um efeito negativo sobre os resultados.

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo