Simples não significa pobre: campos e florestas abrigam riqueza similar e composições distintas de espécies de formiga em regiões altas do sul do Brasil

AUTOR(ES)
FONTE

Biota Neotrop.

DATA DE PUBLICAÇÃO

23/07/2018

RESUMO

Resumo: Diversos estudos já foram realizados com comunidades de formigas nas regiões de Floresta Ombrófila Densa que ocorrem ao longo da costa do Brasil. Comparativamente menos é conhecido sobre as Florestas Ombrófilas Mistas e campos que ocorrem na parte meridional do domínio da Mata Atlântica. Neste estudo nós realizamos o primeiro levantamento padronizado de formigas no mosaico de florestas e campos que ocorre nas regiões altas de Santa Catarina. Nosso objetivo foi investigar e comparar a riqueza e composição de espécies entre florestas e campos na principal cordilheira do sul do Brasil. Formigas foram coletadas em dois anos com armadilhas de queda no solo e nas árvores, e com amostras de serapilheira. Sessenta espécies foram registradas, constituindo 22 novos registros para a região do Planalto Serrano e três para o estado de Santa Catarina: Eurhopalothrix depressa, Pheidole radoszkowskii e Wasmannia williamsoni. A composição de espécies diferiu significativamente entre florestas e campos, mas não houve diferença em riqueza de espécies, mesmo considerando o maior número de estratos nas florestas. Riqueza similar e pequeno número de espécies arbóreas sugere que esta comunidade é estruturada de modo semelhante às comunidades de regiões temperadas. Ambos os habitats apresentaram alta proporção de espécies exclusivas. O fato de que a composição foi diferente, somado à similaridade em riqueza de espécies entre habitats e ao registro de novas espécies, indica a necessidade de maiores esforços conservacionistas nos campos do Sul do Brasil, que ainda são pouco protegidos por unidades de conservação.

ASSUNTO(S)

formicidae mata atlântica floresta de araucária ppbio da mata atlântica eurhopalothrix depressa wasmannia williamsoni

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo