Se não se conhece o temperamento da criança, não se conhece a criança

AUTOR(ES)
FONTE

Estud. psicol. (Campinas)

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-03

RESUMO

O conhecimento atual geralmente caracteriza temperamento como traços de estilo relativamente estáveis que classificam tendências intrínsecas para agir e reagir de maneiras mais ou menos previsíveis à pessoas, eventos e outros estímulos. Entender as preferências de temperamentos infantis nos ajuda a entender as origens dos comportamentos das crianças bem como suas atitudes cotidianas em casa, na escola ou em outros lugares. O objetivo deste artigo é fornecer uma introdução ao temperamento infantil juntamente com um desejo de que esta informação estimule estudos futuros e aplicações no Brasil. O conceito de temperamento tem evoluído da perspectiva clássica (Hipócrates e Galeno) para a moderna (Jung e Myers e Briggs). Duas referências teóricas (Thomas e Chess assim como Oakland e colaboradores) nos fornece métodos um tanto populares para explicar constructos de temperamento apresentados por crianças e jovens. Este artigo é focado na abordagem de Oakland e seus colaboradores ao temperamento de crianças entre 8 e 17 anos que apresenta oito estilos básicos agrupados em quatro traços bipolares: extrovertido ou introvertido, prático ou imaginativo, raciocínio ou emoção, e organizado ou flexível. Descrições dos estilos de temperamento e suas características comportamentais em crianças estão incluídas. Os resultados de pesquisa transnacional abordando temperamento infantil também são discutidos.

ASSUNTO(S)

comportamento infantil questionários temperamento

Documentos Relacionados

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo