Reflexões sobre a formação em Enfermagem no Brasil a partir da regulamentação do Sistema Único de Saúde

AUTOR(ES)
FONTE

Ciênc. saúde coletiva

DATA DE PUBLICAÇÃO

20/12/2019

RESUMO

Resumo O artigo refletiu sobre a formação em Enfermagem no Brasil a partir da regulamentação do Sistema Único de Saúde numa perspectiva histórica comparada dos processos evolutivos das escolas anglo-americana e francesa, influenciadoras do ensino de Enfermagem no Brasil, bem como o aspecto orientador da formação em Enfermagem para o Sistema Único de Saúde. Neste sentido, são desenvolvidas inciativas de formação em Enfermagem, orientadas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais, com vistas a propiciar vivências significativas no cotidiano do Sistema Único de Saúde, assim como o movimento transformador da Educação Permanente em Saúde no contexto do mundo do trabalho. Dessa maneira, a superação dos desafios da formação precisa considerar a trajetória social, política e cultural da profissão, de modo a possibilitar mudanças que impactam nos projetos pedagógicos, na oferta de cursos, nas metodologias de ensino-aprendizagem e no cotidiano do trabalho.Abstract The paper reflected on the Brazilian Nursing education from the regulation of Unified Health System in a comparative historical perspective of the evolutionary processes of the Anglo-American and French schools, influencing Brazilian nursing education, as well as the guiding aspect of nursing education for the Unified Health System. Thus, nursing training initiatives guided by the National Curriculum Guidelines are developed to provide meaningful experiences in the Unified Health System's daily routine, as well as the transforming movement of Permanent Health Education in the context of the world of work. Therefore, overcoming training challenges must consider the social, political, and cultural path of the profession in order to allow changes that affect pedagogical projects, course offerings, teaching-learning methodologies, and daily work.

Documentos Relacionados