Quando suspeitar de leishmaniose visceral e/ou cutânea?

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/05/2019

RESUMO

Diante de pessoas provenientes ou vivendo em regiões endêmicas de Leishmaniose, que se apresentem com febre persistente, astenia, adinamia, desnutrição, hepato e/ou esplenomegalia deve-se suspeitar de leishmaniose visceral (LV). Já diante de pessoas que apresentem úlcera indolor em áreas expostas da pele, com formato arredondado ou ovalado, base eritematosa, infiltrada, consistência firme, bordas bem delimitadas e elevadas com fundo avermelhado e granulações grosseiras, deve-se suspeitar de leishmaniose cutânea/tegumentar (LT). (1,2)

ASSUNTO(S)

leishmaniose visceral/diagnóstico leishmaniose cutânea/diagnóstico

Documentos Relacionados