Quando recomendar o retratamento de sífilis em gestante?

DATA DE PUBLICAÇÃO

04/03/2021

RESUMO

O retratamento da gestante com sífilis é indicado nas seguintes situações:

1- Não redução da titulação em duas diluições no intervalo de seis meses (sífilis primária, secundária e sífilis latente recente) ou 12 meses (sífilis tardia) após o tratamento adequado (ex.: de 1:32 para 1:8, ou de 1:128 para 1:32)

2- Aumento da titulação em duas diluições (ex.: de 1:16 para 1:64 ou de 1:4 para 1:16) em qualquer momento do seguimento

3- Persistência ou recorrência de sinais e sintomas de sífilis em qualquer momento do seguimento

O seguimento da gestante com sífilis deve levar em consideração tanto os sinais e os sintomas clínicos quanto o monitoramento laboratorial da resposta ao tratamento.

Nesses casos é importante repetir exame do parceiro e retrata-lo também.

ASSUNTO(S)

cuidado pré-natal sífilis gestantes retratamento

Documentos Relacionados