Qual é a melhor conduta para casos de osteomielite em odontologia?

DATA DE PUBLICAÇÃO

25/08/2009

RESUMO

Não foram encontradas revisões sistemáticas correlacionando os diferentes tipos de condutas odontológicas em casos de osteomielite.
As modalidades de tratamento – clinico e/ou cirúrgico e medicamentoso – da osteomielite, são descritas pela maioria dos artigos disponíveis na literatura. A penicilina é o agente mais próximo do ideal disponível para o tratamento das osteomielites. Para infecções estafilocócicas resistente à penicilina, o uso de fusinatosódico (500mg 8/8h) ou cloxacilina (500mg 6/6h) pode ser recomendado, no entanto a prática clínica revela um padrão crescente de resistência microbiana a este princípio ativo. Também são indicados a vancomicina e gentamicina.
Pode-se realizar a aplicação local de antibióticos e irrigação-sucção em ferida fechada com soluções de irrigação, contendo antibióticos, agentes umectantes e enzimas proteolíticas. A irrigação é mantida durante, no mínimo, uma semana ou, até, que três culturas sucessivas sejam negativas. Os antibióticos sistêmicos deveriam ser mantidos durante todo o período de irrigação e, pelo menos, nos dois meses após a interrupção das decorticações.

 

ASSUNTO(S)

odontologia osteomielite/tratamento farmacológico

Documentos Relacionados