Quais os cuidados frente a uma paciente com sinéquia vaginal?

DATA DE PUBLICAÇÃO

12/09/2019

RESUMO

Diante da sinéquia vaginal, também conhecida como coalescência de pequenos lábios, é preciso orientar, sobretudo, a boa higiene local. Pode-se adotar a conduta expectante, para os casos de coalescência parcial em criança assintomática e sem complicações (dificuldade de urinar, infecção de urina, vulvovaginites), aguardando resolução espontânea com a melhora da higiene e após o fim do uso de fraldas. A partir da puberdade, a estrogenização fisiológica também pode promover resolução espontânea.(1)

ASSUNTO(S)

doenças da vulva

Documentos Relacionados