Quais os cuidados devem ser repassados para as mães sobre a importância da hidratação oral?

DATA DE PUBLICAÇÃO

11/02/2010

RESUMO

A água é um nutriente essencial à vida. Nenhum outro nutriente tem tantas funções no organismo como a água, sendo sua ingestão diária crucial para a saúde humana.
Estabelecer a necessidade diária exata para o consumo de água é difícil, pois depende dos processos metabólicos, do gasto energético do organismo e das condições ambientais (umidade relativa do ar, temperatura, etc.) (1).
Algumas dicas importantes são:

  • toda a água que a família for beber deve ser tratada, filtrada ou fervida
  • a água NÃO DEVE SER OFERECIDA PARA BEBÊS AMAMENTADOS EXCLUSIVAMENTE AO PEITO, porque o leite materno contém a quantidade necessária de água de que o bebê, nessa fase da vida, necessita para a sua saúde e adequada hidratação.
  • com a introdução da alimentação complementar, é importante que a criança beba água nos intervalos das refeições.
  • em crianças maiores, a mãe deve OFERECER regularmente água às crianças, e não somente esperar que a criança solicite água.
  • incentivar o consumo de água, independente de outros líquidos.
  • incentivar aos adolescentes e adultos a ingerir no mínimo dois litros de água por dia (seis a oito copos), preferencialmente entre as refeições. Como citado anteriormente, essa quantidade pode variar de acordo com o nível de atividade física e com a temperatura do ambiente. Em crianças menores essa quantidade é ainda mais variável, dependendo da idade e do gasto energético da criança.
  • suco de fruta fresca ou polpa congelada sem a adição de açúcar contam como uma porção de água.
  • Incentive a substituição do refrigerante e sucos industrializados por água
  • recomenda-se o uso de copos (copinhos) para oferecer água ou outros líquidos
  • No caso de diarreia, febre ou dias muito quentes, aumentar a oferta de água.

ASSUNTO(S)

hidratação lactente

Documentos Relacionados