Proposta de estrutura para análise da natureza das inovações em organizações : uma aplicação em cooperativas agropecuárias paranaenses

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2011

RESUMO

Atualmente é destaque o crescimento e a importância das organizações cooperativas agropecuárias paranaenses no agronegócio e no contexto econômico-social brasileiro. No entanto, nas décadas de 1980 e 1990 algumas das cooperativas agropecuárias paranaenses não suportaram as adversidades do mercado. Foram incorporadas por outras cooperativas. Suas estruturas físicas foram vendidas para outras empresas ou simplesmente não cresceram. Nesse contexto, procurou-se saber como se expressa a natureza das inovações (dimensões e tipos) em cooperativas agropecuárias paranaenses nos períodos de até 1990 e de 2000 a 2008. Considerando-se a questão de pesquisa apresentada e o reconhecimento da complexidade das atividades empresariais, nas quais as inovações podem ser vistas como atividades que abrangem uma multiplicidade de circunstâncias, configurações, novos modelos de negócios, novos usos para produtos, novos mercados, novas fontes provedoras de matérias-primas e novos métodos de produção e que, estudos do tema inovação focados apenas na área tecnológica (processo e produto) não refletem a realidade dos negócios e das sociedades do mundo atual, elaborou-se, à luz da Teoria Evolucionária da Mudança Econômica e na Perspectiva do Processo Interativo da Inovação, uma estrutura conceitual para análise da natureza das inovações em organizações. Para isso, este estudo adotou, inicialmente, a classificação da natureza das inovações proposta pelo Manual de Oslo (OECD, 2005) e a complementou com outros três tipos de inovações não-tecnológicas (interorganizacional, ambiental e social) na taxionomia proposta pelo Manual de Oslo (processo, produto, marketing e organizacional). Para realização do estudo empírico, de cunho comparativo da natureza das inovações entre dois grupos de cooperativas agropecuárias paranaenses (grandes e pequenas), foram apresentadas características (conceitos e indicadores) para os sete tipos de inovações. Nessa fase do estudo, foram selecionadas onze cooperativas agropecuárias com sede administrativa no Estado do Paraná, sendo cinco classificadas como cooperativas grandes e seis classificadas como cooperativas pequenas. Com os dados coletados nos dois grupos (404 questionários), verificou-se por meio de testes de hipóteses, a existência de diferenças nos tipos de inovações adotados entre os grupos e foram identificados quais tipos de inovações contribuíram para que algumas se tornassem competitivas em seus mercados de atuação. Também, como resultado dessa fase, e à luz das técnicas estatísticas denominadas de MANOVA e Análise de Regressão Logística (ARL), sugeriu-se uma equação matemática para classificação de cooperativas agropecuárias paranaenses.

ASSUNTO(S)

types of innovation agronegócio inovação tecnológica technological innovation non-technological innovation cooperativa agrícola pecuária agribusiness cooperative

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo