Produtividade do milho para silagem e grãos em distintos sistemas integrados de produção agropecuária

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Ciênc. Agron.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2018-06

RESUMO

Resumo O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito de duas doses de adubação nitrogenada (90 e 180 kg de N ha-1, aplicadas na pastagem de inverno), dois sistemas integrados de produção agropecuária (SIPA, com e sem árvores) e cinco posições entre renques arbóreos na qualidade e na produtividade do milho (Zea mays L.) para silagem e grãos. Os tratamentos foram investigados em um delineamento em blocos completos casualizados, com três repetições. As árvores foram plantadas em 2006 num arranjo de 14 x 3 m (atualmente com 158 árvores ha-1), em 6 das 12 parcelas. Ambos SIPAs foram conduzidos com milho durante o verão 2013/2014 e com gado de corte em pastagem anual durante o inverno anterior. O milho foi colhido para silagem no estádio fenológico R5 e para grãos aos 176 dias após a semeadura. As amostras para silagem foram trituradas e armazenadas em mini silos de PVC. Pequenas variações foram observadas na qualidade da silagem em relação a posição entre renques arbóreos. Diferenças entre doses de N no teor em matéria seca, proteína bruta (PB) e produtividade em grãos evidenciam o efeito residual da adubação de inverno. A associação com árvores proporcionou a colheita de uma silagem de melhor qualidade (menor teor de fibra em detergente ácido e maior teor em PB), mas reduziu em 52% a produtividade do milho colhido tanto para silagem como para grãos. Possíveis estratégias são discutidas para reduzir tais perdas.

ASSUNTO(S)

adubação nitrogenada eucalyptus dunnii grevillea robusta qualidade da silagem sistema silviagrícola

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo