Primatologia no sul do Brasil: uma abordagem transdisciplinar para a conservação do bugio-ruivo Alouatta guariba clamitans (Primates, Atelidae) na região de Porto Alegre, Brasil

AUTOR(ES)
FONTE

Iheringia. Série Zoologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

2010-12

RESUMO

Intervenções humanas nos ambientes naturais são a principal causa da perda de biodiversidade global. Essa situação não é diferente no sul do Brasil, onde vivem cinco espécies nativas de primatas. Embora existam algumas pesquisas anteriores, estudos sobre primatas nessa região começaram a ser desenvolvidos consistentemente no início da década de 1980 e continuaram sendo produzidos desde então. Além de importante iniciativas para pesquisar e conservar as espécies altamente ameaçadas Leontopithecus caissara Lorrini & Persson, 1990 e Brachyteles arachnoides E. Geoffroy, 1806, outras espécies, incluindo algumas localmente ameaçadas, têm sido foco de pesquisas, manejo, e iniciativas de conservação. Desde 1993, o Programa Macacos Urbanos (PMU) tem pesquisado a distribuição e avaliado as ameaças às populações de Alouatta guariba clamitans (Cabrera, 1940) em Porto Alegre e arredores. O PMU tem desenvolvido estratégias de conservação em quatro frentes de trabalho: (1) pesquisa científica em biologia e ecologia, gerando conhecimento básico para apoiar as outras iniciativas do grupo; (2) educação para conservação, que enfatiza ações educativas e projetos de longo-prazo em escolas localizadas próximas às populações do bugio-ruivo, baseados na abordagem de espécie-bandeira; (3) manejo, analisando conflitos que envolvam bugios e comunidades humanas, focando na mitigação desses problemas e na apropriada destinação dos animais machucados ou em risco; e (4) a frente de trabalho de Políticas Públicas, que visa reduzir e/ou prevenir os impactos da expansão urbana, contribuindo para criar áreas protegidas e fortalecer a legislação ambiental. Estas diferentes abordagens têm contribuído para a conservação das populações do bugio-ruivo em curto prazo, indicando que trabalhos desenvolvidos coletivamente e a atuação em frentes de trabalho interrelacionadas e diversificadas pode ser essencial para atingir as metas de conservação. Os resultados sinergéticos dessas abordagens e sua relação com a primatologia na região sul do Brasil são apresentados neste trabalho.

ASSUNTO(S)

biologia da conservação educação ambiental bugio-ruivo políticas públicas programa macacos urbanos

Documentos Relacionados

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo