Prevalência e fatores associados à nefropatia diabética em pacientes com diabetes mellitus tipo 1

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2007

RESUMO

A nefropatia diabética (ND) é uma complicação comum em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 (DM1), sendo responsável por grande morbi-mortalidade. A detecção de fatores de risco para o desenvolvimento dessa complicação é importante para o planejamento de estratégias de prevenção, principalmente na faixa etária pediátrica. Os objetivos desse trabalho foram avaliar a prevalência de nefropatia diabética em crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1 atendidos no Hospital das Clínicas da UFMG e determinar a relação entre ND e fatores de risco como grau de controle glicêmico, concentrações plasmáticas de lípides, níveis de pressão arterial (PA) e presença de retinopatia diabética. Trata-se de estudo retrospectivo que analisou os seguintes dados obtidos dos prontuários médicos: data de nascimento, sexo, idade ao diagnóstico do DM1, idade e tempo de diabetes na última avaliação, presença de retinopatia diabética, níveis de PA, controle glicêmico através da dosagem de hemoglobina glicada, presença de microalbuminúria ou proteinúria em urina de 24h, dosagens de creatinina, colesterol total (CT), colesterol LDL (LDL-c) e triglicérides. Os pacientes foram agrupados de acordo com a presença de microalbuminúria, proteinúria, doença renal crônica (DRC) ou ausência de alteração renal. Durante o período de seguimento, com uma duração média de DM1 de 11 ± 4 anos, foram avaliados 205 pacientes. Desses, 23 pacientes (11,2%) desenvolveram microalbuminúria, 14 pacientes (6,8%) desenvolveram proteinúria e 6 pacientes (2,9%), DRC. A idade média dos pacientes ao diagnóstico do DM1 foi de 6 ± 3,5 anos. Os pacientes com alterações renais apresentaram um tempo de DM1 maior que os sem acometimento renal. Os pacientes normoalbuminúricos, com microalbuminúria, proteinúria e DRC apresentaram, respectivamente, tempo de DM1 de 10,8 anos, 12,6 anos (p= 0,03), 14,0 anos (p= 0,004) e 15,0 anos (p= 0,008). Em relação ao controle glicêmico, os indivíduos com proteinúria apresentaram média de hemoglobina glicada maior que os normoalbuminúricos (p = 0,0002), revelando associação entre grau de controle glicêmico em longo prazo e presença de proteinúria. Não foi encontrada associação entre grau de controle glicêmico e presença de microalbuminúria e DRC. Em relação ao perfil lipídico, esse estudo revelou associação entre aumento do CT (p= 0,003), LDL-c (p= 0,003) e triglicérides (p= 0,03) e presença de proteinúria. O CT (p= 0,005), LDL-c (p= 0,005) e triglicérides (p= 0,007) também foram significativamente mais elevados nos pacientes com DRC. Não foi detectada relação entre a concentração de lípides e microalbuminúria. Encontrou-se também associação entre hipertensão arterial sistêmica (HAS) e alteração renal e entre a presença de retinopatia diabética e o acometimento renal. De modo geral, mais de 20% das crianças e adolescentes apresentaram algum grau de ND. Maior tempo de DM1, controle glicêmico inadequado, valores mais elevados de lípides e presença de HAS e de retinopatia diabética parecem estar relacionados ao desenvolvimento de ND nesses pacientes.

ASSUNTO(S)

nefropatias diabéticas/complicações decs albuminuria decs nefropatias diabéticas/epidemiologia decs hipertensão decs criança decs proteinuria decs glicemia decs diabetes mellitus tipo 1/complicações decs

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo