Prevalência de marcadores sorológicos para hepatite e potenciais fatores associados em pacientes com diabetes mellitus

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Latino-Am. Enfermagem

DATA DE PUBLICAÇÃO

29/11/2018

RESUMO

RESUMO Objetivo: estimar a prevalência de marcadores sorológicos para hepatite B e C em pacientes com diabetes mellitus e analisar potenciais fatores associados. Método: estudo transversal com 255 pacientes com diabetes mellitus. Elegeram-se variáveis demográficas, clínicas e comportamentos de risco para hepatite B e C. Investigou-se os marcadores HBsAg, Anti-HBc IgG, Anti-HBc IgM, Anti-HBs e Anti-HCV. Utilizou-se um questionário e coleta de sangue venoso e análise por estatística inferencial. Resultados: 16,8% pacientes apresentaram marcador Anti-HBc total reagente, 8,2% Anti-HBs isolado e 75% foram não reagentes para todos os marcadores de hepatite B. Nenhum caso de HBsAg reagente foi encontrado, 3,3% dos pacientes apresentaram marcador anti-HCV reagente. A prevalência de infecção pregressa pelo vírus da hepatite B mostrou-se diretamente associado ao tempo de diabetes mellitus, e a prevalência de infecção pelo vírus da hepatite C não teve associação com as variáveis investigadas. A prevalência de infecção por hepatite B e C em pacientes com diabetes mellitus foi superior a nacional, 16,8% e 3,3% respectivamente. Conclusão: os resultados sugerem que pacientes com diabetes sejam uma população de maior vulnerabilidade às hepatites B e C, ensejando à adoção de medidas preventivas de sua ocorrência.

ASSUNTO(S)

diabetes mellitus hepatite b hepatite c cobertura vacinal hepatopatias enfermagem

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo