Prevalence and risk factors of non-carious cervical lesions related to occupational exposure to acid mists

AUTOR(ES)
FONTE

Braz. oral res.

DATA DE PUBLICAÇÃO

03/07/2015

RESUMO

This study evaluates the prevalence and risk factors of non-carious cervical lesions (NCCLs) in a Brazilian population of workers exposed and non-exposed to acid mists and chemical products. One hundred workers (46 exposed and 54 non-exposed) were evaluated in a Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST (Worker’s Health Reference Center). The workers responded to questionnaires regarding their personal information and about alcohol consumption and tobacco use. A clinical examination was conducted to evaluate the presence of NCCLs, according to WHO parameters. Statistical analyses were performed by unconditional logistic regression and multiple linear regression, with the critical level of p < 0.05. NCCLs were significantly associated with age groups (18-34, 35-44, 45-68 years). The unconditional logistic regression showed that the presence of NCCLs was better explained by age group (OR = 4.04; CI 95% 1.77-9.22) and occupational exposure to acid mists and chemical products (OR = 3.84; CI 95% 1.10-13.49), whereas the linear multiple regression revealed that NCCLs were better explained by years of smoking (p = 0.01) and age group (p = 0.04). The prevalence of NCCLs in the study population was particularly high (76.84%), and the risk factors for NCCLs were age, exposure to acid mists and smoking habit. Controlling risk factors through preventive and educative measures, allied to the use of personal protective equipment to prevent the occupational exposure to acid mists, may contribute to minimizing the prevalence of NCCLs.

Documentos Relacionados

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo