Predicting post-absorptive protein and amino acid metabolism

AUTOR(ES)
FONTE

R. Bras. Zootec.

DATA DE PUBLICAÇÃO

29/11/2018

RESUMO

ABSTRACT Sustainable production of adequate quantities of food to support a growing human population is a worldwide goal. Under current feeding conditions in the United States, dairy cattle convert dietary nitrogen to milk nitrogen with 25% efficiency. The remaining 75% is excreted, which contributes to air and water quality problems and reduces economic performance of the industry. Efficiency could be improved to 29% if protein was given to just meet current NRC requirements. Additional improvements may be achievable, but only with improved knowledge of amino acid (AA) requirements. The current metabolizable protein requirement model overestimates true requirements due to lack of knowledge of AA supply and requirements and to intrinsic limitations in system data and assumptions. Existing protein supply models based on passage and degradation rates are biased, which undermines predictions of AA supply. The use of an equation driven solely by protein solubility of each ingredient in the diet with no consideration of the effects of passage rate yielded unbiased predictions with significant improvements in precision. However, this still leaves a problem in predicting the AA composition of the ruminally undegraded protein (RUP). Current models generally assume that RUP AA composition equals the parent ingredient composition, but assessments of RUP AA composition indicate that this is false. Thus, bias is being introduced into predictions of the absorbed AA supply, which hampers derivation of estimates of AA digestion and absorption from the small intestine. Emerging isotope-based methods hold promise in allowing assessment of AA availability from individual ingredients in vivo, which will allow construction of a database of true ingredient AA bioavailabilities. These efforts will eventually allow development of more robust predictions of AA supply. On the AA requirement side, numerous data indicate that the efficiency of metabolizable protein use for lactation is variable and maximally 45%, whereas most models assume an efficiency of 65% or greater. The efficiencies of individual AA are centered on the protein efficiency value with those lower in efficiency, likely being provided in large excess. A better representation of the use efficiency of individual AA would allow improvements in overall animal N efficiency. Variable efficiency is driven by regulatory mechanisms that control protein synthesis in response to the supply of energy and individual AA and circulating concentrations of hormones and these drivers act independently and additively. Under this theory, protein synthesis can respond to nutrients other than the one identified as most limiting. Reflecting this regulation in our requirement models will allow better prediction of AA efficiency and enable construction of diets that minimize excess of individual AA by optimizing the energy and hormonal signals to improve N efficiency. Models of such an interacting system have been developed and shown to be superior in performance to models based on current paradigms.

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo