Potencial fisiológico de sementes de soja tratadas industrialmente com e sem a aplicação de pó secante

AUTOR(ES)
FONTE

J. Seed Sci.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2018-06

RESUMO

Resumo: Na cultura da soja, o tratamento industrial de sementes é amplamente realizado e tem propiciado o desenvolvimento de novas tecnologias, como a utilização de pó secante. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do tratamento industrial de sementes, com e sem a aplicação de pó secante, sobre o potencial fisiológico de sementes de soja. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x2, com quatro repetições, sendo avaliados quatro tratamentos químicos de sementes: 1) testemunha, 2) carbendazim + thiram + tiametoxam, 3) carbendazim + thiram, 4) tiametoxam; todos na ausência e na presença de pó secante. As cultivares utilizadas foram a BRS 360 RR e a BRS 284, que foram analisadas separadamente. O potencial fisiológico das sementes foi determinado por meio das seguintes avaliações: germinação, primeira contagem de germinação, emergência de plântulas em areia, e comprimentos total, da parte aérea e da raiz das plântulas. As cultivares de soja respondem de forma diferenciada aos tratamentos químicos de sementes, quanto aos efeitos no potencial fisiológico. O pó secante resulta em problemas na velocidade de germinação das sementes da cultivar BRS 284. Na cultivar BRS 360 RR, o uso de pó secante associado ao tratamento com tiametoxam reduz o potencial fisiológico das sementes.

ASSUNTO(S)

glycine max (l.) merrill. fungicidas inseticidas germinação emergência de plântulas

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo