Phytochemical study of Geoffroea spinosa Jacq. (Leguminosae) / Estudo FitoquÃmico de Geoffroea spinosa Jacq. (Leguminosae)

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2008

RESUMO

O presente trabalho descreve a identificaÃÃo de constituintes volÃteis das folhas e flores e o isolamento de constituintes fixos das cascas e lenho do caule e lenho da raiz de Geoffroea spinosa Jacq. Esta espÃcie, que ocorre nas margens de rios do Nordeste brasileiro, produz frutos que sÃo utilizados como alimento, e suas folhas, na forma de chÃ, combatem diarrÃia e distÃrbios menstruais. Apesar desta espÃcie ser de considerÃvel importÃncia para o povo nordestino, nenhum relato na literatura sobre seu estudo fitoquÃmico foi atà agora publicado. Os Ãcidos lÃurico (66,54%), cÃprico (15,39%) e mirÃstico (13,11%), foram os constituintes majoritÃrios no Ãleo essencial das suas flores, enquanto nas folhas o Ãcido palmÃtico (24,93%), e os diterpenos geranil linalol (14,97%) e fitol (17,86%) foram predominantes. A avaliaÃÃo da atividade biolÃgica do Ãleo essencial das flores de G. spinosa demonstrou uma significativa atividade nematicida contra Meloidogyne incognita, mas ao contrario, o material volÃtil de suas folhas foi inativo contra esse mesmo nematÃide. Dos extratos etanÃlicos das cascas do caule e do lenho do caule foram isolados o triterpeno lupeol e o dissacarÃdeo sacarose, respectivamente. O estudo do extrato etanÃlico do lenho da raiz resultou no isolamento da mistura dos esterÃides -sitosterol e estigmasterol e dos seus respectivos glicosÃdeos, alÃm de um triterpeno de esqueleto oleanano, o Ãcido 3--acetoxiolean-12-en-28-Ãico, e uma lactona macrocÃclica denominada 3-hidroxi- 1,5-dioxaciclohentriacontan-6-ona inÃdita na literatura. A determinaÃÃo estrutural dos metabÃlitos isolados foi realizada atravÃs da utilizaÃÃo de tÃcnicas de RessonÃncia MagnÃtica Nuclear de HidrogÃnio-1 e Carbono-13 (RMN 1H e 13C uni e bidimensionais). Os Ãleos essenciais foram analisados por CGL/MS e a identificaÃÃo dos constituintes foi inicialmente realizada, utilizando uma biblioteca de pesquisa com Ãndice de retenÃÃo como rotina de prÃ-seleÃÃo, seguida por confirmaÃÃo visual de padrÃes publicados na literatura.

ASSUNTO(S)

Ãleos essenciais geoffroea spinosa jacq. geoffroea spinosa jacq. titerpenos e esteroides essential oils quimica organica 3-hidroxi-1,5-dioxaciclohentriacontan-6-ona titerpenos and steroids, 3-hydroxy-1,5-dioxaciclohentriacontan-6-ona

Documentos Relacionados

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo