Para além da ilusão: o real na crítica freudiana à religião

AUTOR(ES)
FONTE

Ágora (Rio J.)

DATA DE PUBLICAÇÃO

2012-12

RESUMO

Pretende-se demonstrar como a matriz primeira de interpretação freudiana da religião - baseada na crítica aos elementos imaginários que compõem o quadro da adesão religiosa - é suplantada por Freud com a escrita de Moisés e o monoteísmo em 1939. É a leitura deste ensaio que nos permite perceber a presença do real na genealogia da religião. O sentimento de desamparo vinculado à experiência de satisfação foi alvo de nossa investigação, fornecendo subsídios que confirmaram a presença de outros elementos além dos imaginários no fenômeno religioso.

ASSUNTO(S)

religião ilusão desamparo real moisés

Documentos Relacionados