Papel do teste respiratório com uracil marcado com carbono-13 na predição de risco de toxicidade ao quimoterápico 5-fluorouracil em pacientes portadores de Câncer Gastrointestinal

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

DATA DE PUBLICAÇÃO

29/11/2011

RESUMO

INTRODUÇÃO: Não há métodos clinicamente disponíveis para prever toxicidade ao quimioterápico 5-fluorouracil (5FU). O teste respiratório com 13C-uracil (UraBT) consiste em mensurar o 13CO2 m no ar expirado após ingestão de 13C-uracil para avaliar a via catabólica do uracil e, conseqüentemente, do 5FU. OBJETIVOS: Primário: Avaliar a acurácia do UraBT em: 1) discriminar indivíduos que tiveram toxicidade graus 3-4 versus toxicidade graus 0-1; 2) discriminar indivíduos com deficiência da atividade de diidropirimidina-desidrogenase (DPD) comprovada por outros métodos (dentre os que tiveram toxicidade graus 3-4) daqueles sem deficiência de DPD (dentre os com toxicidade graus 0-1). Secundários: (1) Desenvolver uma técnica de cromatografia líquida de alta eficiência para mensurar uracil (U) e diidrouracil (UH2) em plasma. (2) Identificar as mutações mais freqüentes no gene DPYD que causam deficiência em DPD em pacientes brasileiros. CASUÍSTICA: Recrutados 33 pacientes com câncer gastrointestinal previamente expostos ao 5FU dos quais 13 tiveram toxicidade graus 3-4 e 20 tiveram toxicidade graus 0-1. MÉTODOS: Realizados os seguintes testes: (1) sequenciamento de porções do gene DPYD em busca de mutações deletérias; (2) determinação da relação plasmática UH2/U, biomarcador da atividade de DPD; (3) UraBT no espectrômetro infravermelho IRIS-2. RESULTADOS: 4/13 pacientes com toxicidade grau 3-4 provaram-se DPD-deficientes: três por mutações deletérias e um por relação baixa UH2/U. UraBT foi significativamente diferente entre os grupos com toxicidade graus 3-4 e graus 0-1 (sensibilidade 61,5%, especificidade 85%) e entre os pacientes DPD-deficientes e não DPD-deficientes (sensibilidade 75%, especificidade 85%). CONCLUSÃO: UraBT apresenta acurácia moderada em discriminar indivíduos com grave toxicidade daqueles que tiveram nenhuma ou leve toxicidade ao 5FU, e em discriminar DPD-deficientes de não DPD-deficientes.

ASSUNTO(S)

neoplasias gástricas/quimioterapia decs dissertação da faculdade de medicina da ufmg. câncer teses. quimioterapia teses. fluorouracil teses. toxicidade de drogas decs quimioterapia adjuvante decs fluoruracila/efeitos adversos decs fluoruracila/toxicidade decs fluoruracila/administração &dosagem decs deficiência da diidropirimidina desidrogenase  decs testes respiratórios decs dissertações acadêmicas decs

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo