Padrões tomográficos da doença pulmonar na esclerose sistêmica

AUTOR(ES)
FONTE

Radiol Bras

DATA DE PUBLICAÇÃO

2016-10

RESUMO

Resumo O comprometimento pulmonar pela esclerose sistêmica é, atualmente, o maior responsável pela morbidade e mortalidade relacionadas à doença e, assim, o reconhecimento dos seus vários padrões de alterações tomográficas se torna decisivo na abordagem destes pacientes. Embora a apresentação tomográfica mais comum, em estudos de alta resolução, seja a pneumonia intersticial não específica, existem outros achados clínicos e de imagem que não correspondem a esse padrão. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre as principais alterações pulmonares decorrentes do comprometimento pela esclerose sistêmica e de suas manifestações radiológicas, considerando-se a classificação atual das doenças intersticiais. Foi realizada uma seleção de estudos das alterações pulmonares na esclerose sistêmica entre os anos de 2000 e 2015, por meio de mecanismos de busca em publicações de língua inglesa, na base de dados Medline/PubMed, Lilacs e SciELO. As alterações tomográficas pulmonares encontradas na esclerose sistêmica têm padrão variado e podem ser agrupadas em três principais categorias: alterações intersticiais, alveolares e vasculares. As alterações intersticiais são as mais frequentemente relacionadas à doença pulmonar na esclerose sistêmica, mas as manifestações alveolares e vasculares devem ser reconhecidas e consideradas na presença de apresentações clínicas atípicas e resposta inadequada à terapia instituída.

ASSUNTO(S)

esclerodermia esclerose sistêmica radiologia tomografia computadorizada doenças pulmonares

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo